Mapeamento Hídrico 2015/2018

______________________________________________________________________________________

atualizações   CANAL DO SERTÃO

Programas hídricos beneficiam
mais de 200 mil pessoas no estado


Perfuração de Poços, Recuperação de Nascentes, Água Para Todos e Água Doce estão em pleno desenvolvimento no Agreste e Sertão Alagoanos.

Parceria
Governo Federal

A Semarh mantém convênios junto ao Governo Federal que destina investimentos em obras de infraestrutura hídrica para a região do Semiárido.

Um deles, o Programa Água Doce (PAD), aparelho que permite tornar a água salinizada em doce e própria ao consumo.

Também no semiárido, o Programa Água Para Todos amplia seu raio de atuação diariamente. e proporciona às famílias ter água encanada na porta de suas casas.

+ de 200 mil Pessoas atendidas

Água na torneira na porta de casa.

106 Nascentes Recuperadas

Água potável + Revegetação.

653 poços perfurados

Solução hídrica para sertão e agreste alagoanos.

Milhões de reais investidos

É Alagoas na frente.

Alagoas conta hoje com uma política
séria de convivência com a seca.


Ampliar o abastecimento de água em todas as regiões do Estado
é a meta frequente da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos.

Dados Gerais


Veja, em tempo real, o andamento de cada programa na sua cidade.




Maior obra hídrica do Estado beneficia produtores e comunidades

O Canal Adutor do Sertão é a maior obra hídrica desenvolvida no Estado de Alagoas. Sua extensão é de 250 quilômetros e a água já ultrapassou os 107 quilômetros. Os trechos quatro e cinco para levar água aos municípios do Semiárido já estão garantidos pelo Governo de Alagoas junto Governo Federal, com recursos do Ministério da Integração Nacional.

A gestão do Canal do Sertão, conforme decreto do Governo de Alagoas N° 40.183, de 14 de abril de 2015, é de responsabilidade da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh).

Durante o período de gestão do secretário Alexandre Ayres à frente da Semarh, o Canal do Sertão passou a ter um tratamento específico no que tange ao benefício direto à população sertaneja que necessita de água.

Neste contexto, apresenta-se investimentos como o Sistema de Abastecimento do Alto Sertão através do PIAAS (Projeto de Integração das Adutoras do Alto Sertão); 400 irrigantes, sendo dois de médio porte e os demais agricultores familiares; foram realizadas 12 audiências e dezenas de reuniões para aglutinar os moradores da região em torno do bom uso do Canal. Foi registrada a participação de mais de 2.000 pessoas nestas mobilizações.



principal objetivo da semarh


Proporcionar às famílias ter água encanada na porta de suas casas.


Secretaria do meio ambiente e dos recursos hídricos