REVITALIZAÇÃO DE NASCENTES



Ter uma nascente em qualquer município trazia a sensação de abandono e que aquela água poderia ser utilizada, porém com graves riscos à saúde. A revitalização das nascentes ganhou mais importância na Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos quando secretário Alexandre Ayres transformou o projeto em programa.

O investimento para recuperar nascentes foi ampliado. Somente na gestão do governador Renan Filho, mais de 100 nascentes foram revitalizadas em municípios do Litoral, Zona da Mata e Médio Sertão.

O trabalho sempre conta com a participação das famílias, que por sua vez, recebem informes educativos acerca da conservação da nascente. Para recuperar, é preciso realizar o isolamento e revitalização da área, plantar de mudas naturais da região para proteger o corpo d´água de animais. Passado este procedimento, uma tubulação própria para a passagem de água é instalada de maneira segura e higienizada.

O secretário Alexandre Ayres argumenta que o programa é rápido, fácil e com baixo investimento se equiparado ao seu grande benefício. Graças a essa atuação da Semarh, as famílias contempladas com a água das nascentes também estão utilizando o recurso para agricultura familiar, plantio de hortas em escolas municipais, além do uso doméstico e consumo humano.

Para ter noção da relevância deste programa, a Agência Nacional de Águas (ANA) premiou a Recuperação de Nascentes da Semarh pelo conceito de cuidados com a biodiversidade por revitalizar áreas que estão em estágio de degradação.






Secretaria do meio ambiente e dos recursos hídricos